Mostra Setembro Amarelo

Cineclube realiza mostra de filmes sobre suicídio.

Os recentes casos de suicídio em Rio Branco, envolvendo a estudante Bruna Borges e sua família, chocaram a cidade e colocaram em evidência um tema bastante delicado, rodeado de tabus, achismos e sensacionalismo. Os comentários nas redes sociais e portais de notícia mostraram como ainda existe muita desinformação em torno do assunto.

Só em Rio Branco foram notificadas cerca de 200 tentativas de suicídio em 2017. Os número contribuem para a média nacional, em que 32 brasileiros morrem, por dia, em diversas formas de tirar a própria vida. Em 2014, um relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontou que o Brasil é o 8º país com a maior taxa de suicídios do mundo. É por isso que há quatro anos se realiza no país a campanha Setembro Amarelo, pela prevenção dos casos de suicídio.

O Cineclube Opiniões também aderiu à campanha e vai realizar a Mostra Setembro Amarelo, com a exibição de filmes de ficção, documentário e animação que giram em torno do suicídio, seus possíveis motivos e as consequências para a sociedade. As sessões ocorrem sempre aos sábados, às 19h, na Filmoteca Acreana.

“Decidir deixar de viver vai muito além do choro daqueles sofrem a perda de um ente querido”, afirma o cineclubista Renan Praxedes, um dos responsáveis pela mostra. “O tema, mesmo na vida real, não se apresenta de forma isolada. Há um contexto que estimula a pessoa. E as produções que serão exibidas abordam de maneiras bastante diferentes a questão”, diz.

Com a presença de profissionais da psiquiatria e psicologia durante os debates, a Mostra tem a intenção de tratar o tema de forma complexa, sensível e sem sensacionalismo. Começa com a exibição do filme espanhol “Mar Adentro”, dirigido por Alejandro Amenábar, que aborda a questão da eutanásia. Um tema polêmico, já que durante o filme o personagem principal luta pelo direito de acabar com a própria vida, tendo duas personagens femininas apaixonadas pelo protagonista – uma contra e outra a favor do ato – como personificação de um debate muito delicado. Uma discussão difícil e polêmica. A sessão contará com a participação da psicóloga Andreia Cristina Vilas Boas, coordenadora do Núcleo de Prevenção ao Suicídio, em Rio Branco, que vai discutir sobre eutanásia, suicídio e os casos em Rio Branco.

Durante o mês de setembro também serão exibidos os filmes “Orações por Bobby” (ficção); “The Bridge – A Ponte” (documentário); “As Virgens Suicidas” (ficção) e “A Pequena Loja de Suicídios (animação). Para mais informações sobre a mostra e as sessões, é só acessar o site e a página do facebook do cineclube.

One thought on “Mostra Setembro Amarelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *