três imagens

Um indagação antiga de Binho Marques.
Uma provocação insistente de João Veras.
E beco da memória entre o céu e a terra de Danilo de S’Acre.
Tudo que eles colocam no “feice” e eu roubo.
Tudo meu agora para sempre.

3 thoughts on “três imagens

  1. Antonio Alves, como publicar no caissa-me, se saí do facebook, não me comunico pelo twiter, nem instagran, apenas por e-mail e isso já é muito, rsrsrs!

    Gostaria de publicar poemas e eventualmente outros assuntos…

    Abraços,
    luciahelena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *